Proposta

Faça você mesmo!

A proposta da Conjuração Trash Produções segue os princípios do “Faça você mesmo” (Do it yourself!). Ou seja, você mesmo pode fazer seus vídeos, é só ter uma ideia na cabeça e uma câmera na mão, como dizia Glauber Rocha.

Infelizmente, o custo para se produzir cinema em película é alto, o que mantém a maioria dos amantes de cinema, e que querem produzir algo, distantes. Felizmente, com as possibilidades facilitadas de hoje e a diminuição dos custos dos aparelhos de captura digital, podemos trabalhar com filmadoras digitais incluindo MiniDVs, máquinas fotográficas digitais, celulares, etc. Além disso, o crescente avanço computacional e diminuição do custo desses recursos facilitam na hora da edição.

Graças a isso, o “fazer cinema” com baixo custo, como linguagem, tornou-se acessível à diversos setores da sociedade. Dentre esses trabalhos, podemos citar os termos Cinema Trash, Cinema Alternativo, Cinema Independente, Cinema de Bordas, etc.

A definição de “Cinema Trash” ainda não é bem clara. Porém, trata-se em geral de filmes ou vídeos de baixo orçamento, com equipe e material barato. Em geral são do gênero terror, mas não limitados a tal. Contudo, notam-se características muito peculiares, tais como a má performance dos atores, a baixa qualidade técnica das filmagens e outros fatores que acabaram tornando o Cinema Trash um gênero clássico em si, e trouxe diversão aos mais diversificados públicos. O Cinema Tash pode ser classificado por alguns, também como cinema alternativo.

Já o “Cinema Alternativo” ou “Cinema Independente” é a classificação para filmes que não são muito divulgados na mídia e, em geral, não estão ligados as produções hollywoodianas. Ainda, nessa classe de filmes ou vídeos podem estar incluídos os trabalhos de baixo orçamento, mas que ainda buscam o aperfeiçoamento da qualidade do resultado final.

A Conjuração Trash Produções surgiu inicialmente do Cinema Trash. Porém, traçou rumos para o aperfeiçoamento dos seus trabalhos em direção de um Cinema Alternativo, ainda que a linha seja tênue. Dessa forma, a denominação “Trash” manteve-se no nome da produtora, pelas raízes da mesma. Nesse sentido, o próprio slogan da produtora apresenta de forma bastante resumida os conceitos aqui apresentados:

“Porque o cinema não precisa ser caro, nem o Trash precisa ser lixo.”